Aluna Embassy, Ana Gabriela é empreendedora, artista e futura advogada.

Especificar nossos objetivos antes de procurar o caminho, deve ser sempre nossa prioridade. Os objetivos a serem alcançados devem sempre estar alinhados aos nosso valores, nossos princípios orientadores dos quais não queremos e jamais podemos nos afastar. O escritor norte-americano John Schaar diz: “ O futuro não é resultado de escolhas entre caminhos alternativos oferecidos pelo presente, e sim um lugar criado. Hoje Ana Gabriela Martins de Souza, uma das ganhadoras da bolsa de inglês no programa histórias de Sucesso da Embassy, vai nos contar seus sonhos, planos e objetivos para o futuro.

Meu interesse em aprender o inglês veio desde pequena, com o meu maior objetivo: estudar fora (alcançar o mundo através de meus estudos) eu venho estudando para ingressar em uma Universidade, pois meu plano de vida tem sido fazer Direito futuramente; além disso, quero aprender o inglês  na Embassy para que ele agregue em meu currículo, hoje em dia a grande verdade, é que  para ser contratado é necessário  se destacar, e o inglês me ajuda bastante, além de me trazer um novo conhecimento de mundo. Quero poder investir em mim quanto a tempo, e para isso, venho estudando bastante, meu desejo é ajudar minha família através dos meus estudos e um dia recompensá-los por todo o esforço que fazem em mim.

Minha mãe recentemente começou  uma lojinha de bolos, inauguramos a menos de  1 ano uma confeitaria e estamos nos estabilizando. Minha vida tem sido dedicar meu tempo para estudar na escola, no inglês e ajudar ela a fazer os bolos. Tem sido incrível aprender Inglês na Embassy, pois os mesmos me ajudam a entender e ter uma melhor visão de mundo e dos negócios, então procuro sempre ter um equilíbrio entre meus objetivos e afazeres, e melhorar sempre, estudando pro vestibular e ao mesmo tempo me dedicando no inglês.

Eu acredito que o  futuro não é um lugar para onde estamos indo, e sim um lugar que estamos concebendo. Os caminhos não são para ser descobertos e, sim, feitos. E a ação de fazê-los ocasiona mudanças tanto no fazedor  quanto no destino.”

Conheça Raquel Campos | Ela trabalha no setor de importação e realizou o sonho de falar inglês com fornecedores do USA.

O pensador William J. Johnson nos diz que: “A mudança mais significante na vida de uma pessoa é uma mudança de atitude. Atitudes corretas produzem ações corretas”. Portanto, a mudança de atitude pode mudar a história de qualquer pessoa, desde que esteja realmente disposta a mudá-la. Hoje nós vamos te contar a história de sucesso de alguém que está apenas começando sua jornada profissional, mas que tem se mostrado disposta a pagar o preço necessário para alcançar o sucesso.

Raquel de Lima  Campos, tem 22 anos, é estudante de contabilidade,  adora  passear, sair com os amigos, ver filmes e séries.Trabalha há 3 anos na fabrica  CITY PLASTIK . Ela nos contou que dedica tempo aos estudo da língua inglesa desde 2016 e até o momento, sua  maior dificuldade tem sido  o speak. 

No ano de 2020  Raquel entrou como bolsista na Embassy, através do programa  história de sucesso.

“ Estudar na Embassy tem colaborado em tudo, os exercícios, os challenge, cada projeto é desenvolvido para o real aprendizado da língua inglesa,  é uma escola diferenciada que faz uma imersão no idioma com cada aluno”.

Ciente de seus desafios e dificuldades, Campos conta que para se manter sempre em contato com a língua inglesa procura sempre  assistir um  EP. de série por dia  e ouve bastante música na língua inglesa sem o apoio de tradutor ou coisas que facilitariam a tradução para o português.

Em seu trabalho Raquel disse que a gerência sempre está em contato com fornecedores dos USA, e sempre quando tem reajuste de preços, são enviados para ela  os documentos para traduzir, e ela acredita que com o domínio da língua inglesa poderia fazer esse contato diretamente com eles, e auxiliar nos trâmites de importação. Raquel também no contou que sonha em ter uma  renda extra com o ensino da língua inglesa para crianças, e assim unir o útil ao agradável. 

 Campos nos contou que ainda não teve a oportunidade de fazer a tão sonhada viagem internacional, mas que a algum tempo já está se preparando para isso, e sua ultima conquista foi iniciar a faculdade de contabilidade custeada 100% pela empresa. 

“Que todos os dias tenhamos determinação para alcançar os nossos objetivos, pois se Deus coloca sonhos no nosso coração é porque temos capacidade de realizá-los.” Finaliza Raquel de Lima.

Rafaella Benchimol conta com saiu de Maués para conquistar seu espaço no mercado amazonense.

Meu nome é Rafaella Benchimol, tenho 21 anos de idade e nasci no interior do Estado do Amazonas, em uma cidade linda chamada Maués mais conhecida como Terra do Guaraná. Moro em Manaus praticamente minha vida inteira e sou apaixonada pela Amazônia, pela Natureza e pelas pessoas.

Sou finalista do curso de Administração da Universidade Federal do Amazonas e descobri na Faculdade um mundo fascinante, o mundo dos artigos. Adoro pesquisas acadêmicas científicas e tenho trabalhado com artigos há cerca de dois anos.

O tempo ainda é pouco, mas com esforço já consegui uma tão sonhada publicação internacional. Sou muito curiosa e toda oportunidade de aprendizado é sempre muito bem-vinda (risos). Estudar é uma das minhas atividades favoritas e invisto muito do meu tempo nos estudos.

Adoro estar ao ar livre, caminhar, praticar exercícios, gosto muito de fotografar e também aprecio demais viajar e estar sempre em contato com a natureza. Sobremesas são minha especialidade, principalmente àquelas com frutas e chocolate. Adoro cozinhar pratos diferentes nos fins de semana com a família e estou sempre inventando alguma coisa. 

Comecei a trabalhar na Coimpa Industrial Ltda há cerca de oito meses e tem sido uma experiência profissional sem igual na minha vida. Adoro comércio exterior e atuar no setor de logística internacional de uma empresa multinacional belga tem sido incrível. Aprendo coisas novas diariamente e gosto de me sentir desafiada, isso me motiva a sempre entregar o meu melhor. 

Minha trajetória com a língua inglesa se iniciou quando tinha 8 anos de idade. Meu pai foi meu grande incentivador nos estudos, e ainda é. Devo a ele muito do que sou profissional e academicamente hoje. Tive a oportunidade de fazer alguns cursos de inglês e foi ótimo ter esse contato com o idioma desde criança, tornou minha trajetória de aprendizado mais familiar e compreensível. Tornou tudo muito mais possível.

Durante alguns meses também pude estagiar em uma escolinha de idiomas auxiliando no ensino de inglês para crianças e foi muito legal. O inglês começou a se tornar um  pré-requisito na minha vida a partir do momento em que comecei minha vida profissional, todas as oportunidades que tive até o dia de hoje de fato foram aproveitadas pela minha experiência com a língua.


Estudo na Embassy há cerca de 4 meses e escolhi a escola por ser referência no ensino de inglês para negócios. Era exatamente a metodologia que eu precisava para tornar meu inglês o que de fato exige o mercado. A escola me foi muito recomendada, inclusive por colegas de trabalho e hoje sei exatamente a razão, o ensino da escola atende com excelência no presente às demandas dos profissionais do futuro. 

 Estudar na Embassy tem sido incrível, a escola é diferente de todas as outras. A cada aula me sinto muito mais motivada a descobrir mais sobre o idioma e tudo o que tenho aprendido na escola está impactando diretamente o meu dia-a-dia no trabalho. Hoje me sinto muito mais confiante e segura em me comunicar em inglês em qualquer situação no ambiente laboral. Minha rotina profissional se descomplicou quando tornei meu inglês adequado ao mercado estudando na escola. Ainda não tive oportunidade de fazer viagens internacionais, mas me sinto preparada quando a oportunidade surgir (risos).

Tive a oportunidade de realizar uma entrevista em inglês na empresa em que trabalho. O objetivo era compartilhar um pouco sobre minha experiência de integração e foi maravilhosa a conversa. As aulas de apresentação pessoal e profissional assim como o vocabulário rico que a escola enfatiza aos alunos fez toda diferença nessa hora.

Foi demais participar de uma “entrevista all in english”, nunca vou esquecer dessa experiência e me sinto ansiosa pelas próximas que virão. Sinto estar crescendo ainda mais profissionalmente após ter iniciado o curso na escola, minha qualificação profissional aumentou consideravelmente e o mercado aprecia muito profissionais que fazem ou já fizeram parte do time Embassy.

Acredito que todos nós temos sonhos pessoais e profissionais que nos motivam e desafiam diariamente a sermos mais, a sermos melhores como pessoas e para as pessoas. Aprender a língua inglesa sem dúvida é um daqueles sonhos possíveis e uma ferramenta importante para impactar positivamente a realidade das pessoas.