Ela começou a estudar aos 11 anos, viajou por mais de 15 países e morou 2 anos na Alemanha.

Amante da natureza, crossfiteira declarada, apaixonada pelo pôr do sol,adora ler e viajar. Um dos hobbies favoritos é degustar cervejas, tanto que está investido no hobby para se tornar Sommelier.

Dariane de Souza Aguiar, é uma das integrantes do time de  professores especialistas da  Embassy. Já viajou por mais de 15 países ao redor do mundo e morou por 2 anos na Alemanha como bolsista do programa Ciências sem Fronteiras. Chegou por lá em 2014, logo após a copa do mundo. Morou em cidades como Marburg,Ilmenau e Mannheim.

“A minha viagem favorita foi para Islândia, a gente deu a volta no país de carro, fazia muito frio congelava-mos (risos), vimos a aurora boreal até cansar. Um dos meus países favoritos foi a Croácia – nossa que país fantástico, com muita praia o verão lá é uma delícia. Amei conhecer Londres, Espanha, Bélgica, Viena (esse cidade  é maravilhosa), estive duas vezes na República Checa.”

  • Primeira vez que vi neve. Dezembro, 2014.

Começou a trabalhar na escola em 2017, logo após voltar para o Brasil  do intercâmbio que estava fazendo.

“Quando eu entrei na Embassy eu estava estudando engenharia, eu parei o curso só pra me dedicar a profissão, logo no começo eu tinha medo de  dizer q tinha desistido do curso sabe?  Mas após ter trabalhado isso, comecei a encarar minha escolha como certa, porque dar aulas era o que eu amava e amo fazer. Já fazem 10 anos que estou dando aulas e todo dia eu aprendo algo novo, sempre comento com alguns dos meus alunos que muitas vezes aprendo mais do que ensino.

Dari começou a estudar a língua inglesa aos 11 anos de idade, “meus pais eram bastante rígidos como a minha educação  (risos) 10 era minha obrigação e 9,5 nota baixa. Então eu tirei uma nota ruim na matéria de língua inglesa, foi aí que meus pais pegaram pesado para que eu estudasse mais e melhor a língua. Desde então não parei mais de estudar.”

Dentro da Embassy Dariane, nos conta que tem muitas oportunidades de crescimento, pois pode participar e desenvolver  projeto acadêmicos. “foi enxergado um potencial em mim para desenvolver e aplicar projetos, eu fui escolhida para participar do Blended e eu toco esse projeto dentro da escola. Eu sou muito curiosa e gosto de aprender, então eu acredito que meu desenvolvimento como pessoa colabora muito para que eu receba reconhecimento de pessoas de perto e até de  quem eu nunca dei aula. Dariane falou que os treinamentos e acompanhamento que recebe como professora dentro da escola tem contribuído muito para que a didática de suas aulas melhoram e isso é muito vantajoso não só para ela, mas principalmente para seus alunos que recebem aulas bem acima da média do que se oferece em outras escolas e instituições de ensino da língua inglesa.

“Eu estou sempre falando em inglês com os alunos e com os professores, então essa é umas das formas que eu tenho para me manter em contato com a língua. Outra forma é que eu sempre assisto séries ou filmes pelo menos 20 minutos por dia e também ouço bastante música  em inglês. E por ter morado fora bastante tempo eu sempre falo com amigos pra manter o vocabulário e a amizade né (risos).” Atualmente meu desafio com a língua, é tirar o certificado C2, que é o certificado de proficiência de línguas  e o mais alto das certificações. 

“Tudo é processo, houveram coisas no passado que não faziam muito sentido quando eu tava vivendo, mas hoje eu entendo que eu precisava passar aquele momento para estar onde eu estou hoje, então quando a gente aprende a viver os processos, isso é sensacional.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *