Jana Silva está há 15 anos sendo promovida. Veja por que.

Jana Cecília Bezerra da Silva,  começou a estudar inglês na rede pública, mas ela conta que não saía do verbo “to be”. Ao contrário das outras crianças, ela não começou fazendo curso de inglês na infância, por questões culturais, os pais não viam como prioridade o estudo de uma segunda língua,  e por mais que tivessem uma visão de que o domínio da língua poderia agregar no currículo dela, na época eles não tinham condições de pagar para que a filha tivesse acesso a esse tipo de ensino, priorizando assim outros cursos.

Jana Silva, começou a trabalhar  na COIMPA há 15 anos atrás como analista de importação e exportação.  Ela sente que contribui com a empresa e tem galgado novos lugares. Tanto que recentemente se tornou  Coordenadora de Importação e Exportação da COIMPA,se sente honrada em fazer parte de uma multinacional tão reconhecida. 

Mas toda essa conquista não veio de graça, a Embassy entrou na sua vida quando no auge da sua carreira, lhe faltou a fluência no idioma. A empresa vendo o imenso talento de Jana, investiu no seu conhecimento mais tudo dependia dela. Seu sucesso  no idioma estava atrelado a essa nova promoção que ela recebeu.  

Com  apenas 2 anos na Embassy,  Jana conta que “ a convite da empresa, que selecionou apenas uns colaboradores para investir no ensino, tive uma oportunidade de aperfeiçoar meu estudo. A Embassy tem colaborado muito com o meu aprendizado, eu sempre digo para os meus amigos como é rico! A escola consegue como nenhuma outra entregar um inglês prático, aquele da realidade do trabalho.” 

 Ela finaliza avaliando  seu desejo de conquistar ainda mais e o quanto contribui para formação de novos jovens no mercado de trabalho. “ Eu tive oportunidades incríveis e há 2 anos atrás eu fui promovida a coordenadora.  O que me deixa mais satisfeita com meu trabalho, é que eles abrem portas para que eu possa mostrar meu trabalho e assim consiga galgar outros  degraus na minha carreira”.

Quanto a sua contribuição ela conta: “vejo minha contribuição na vida de colaboradores jovens. Eu tenho prazer em ensinar o que eu aprendo. Eu já estou na casa dos 40, mais te garanto que procuro manter um espírito jovem, para aprender e me desenvolver como pessoa e profissionalmente, e meu conselho para os jovens é: estude sempre, não fique parado no tempo, não se acomode, estude pra você, pra se sentir bem e está preparado para o que der e vier.”

Texto: Fernanda Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *