Por onde eu começo a escrever o meu CV em inglês?

Similarmente a um CV em português, um currículo em inglês possui “headings” muito parecidos com os que encontramos ao escrever sobre nossa carreira  para pleitear a vagas disponíveis no mercado.

Abaixo compartilho algumas dicas de como você pode redigir seu CV se preparando para as melhores oportunidades que normalmente são encontradas na internet com descrições em inglês.

É importante mencionar que além de ter o seu “resumé” ou CV em inglês, habilidades como fala, escrita, compreensão auditiva e leitura não podem ser deixadas de lado, afinal o mercado sempre está buscando profissionais que dominam completamente o idioma, não só uma ou outra habilidade.

Estruture seu currículo com os principais “headings’ como os abaixo.

Personal Info

Summary

Position

Experience

Education/ Qualifications

Skills

Interests

References

Comece escrevendo suas “personal info”, ou seja, suas informações pessoais como nome, telefones para contato, endereço, email, redes sociais, preferencialmente as profissionais como linked-in e Skype.

Na parte summary, faça um pequeno resumo sobre quem você é, o que te inspira profissionalmente e quais são as suas motivações profissionais no momento.

Algumas pessoas escrevem a posição ou “position” que eles desejam mas não é uma regra, afinal quando você se candidata a um posto, o recrutador sabe qual é a vaga a qual você está se candidatando.

Já em experience, você precisa, resumidamente, mencionar os nomes das empresas por onde passou, os cargos que você ocupou, o que exatamente realizava em cada uma dessas posições e o período em que permaneceu na vaga.

Para falar sobre sua vida acadêmica, use o heading “education” ou “qualifications”. Nesta sessão você poderá incluir suas graduações, cursos de extensão, MBAs, pós graduações, mestrados, doutorados… Se a lista de qualificações for muito grande, seja sucinto,  enumere as principais e que estejam relacionadas à vaga que você está buscando.

Use a sessão “skills” para falar sobre suas habilidades como idiomas que fala, sistemas ou processos que você domina. Alguns candidatos usam imagem para demonstrar o grau de domínio na habilidade, por exemplo: proficiente, avançado, intermediário,

elementar ou básico/ iniciante, no caso da língua inglesa.

Em um processo de entrevista há muito interesse do entrevistador em saber mais sobre você, então é recomendável que você inclua coisas que você gosta de fazer. Use a sessão interests para isso. Exemplos incluem atividades esportivas, leitura, cinema, viagens… O mais importante é escrever sobre o que você realmente gosta e mostrar consistência durante todo o processo de entrevistas.

Para dar respaldo a toda a informação que você está fornecendo, inclua suas referências profissionais, preferencialmente mais de uma mas não uma lista enorme.

Caso deseje receber um modelo de CV em inglês, CLIQUE AQUI.

Boas oportunidades!

Ana Paula Petrosino

Maio de 2020

Fale com nosso time comercial AQUI e matricule-se hoje na escola número 1 no ensino do idioma pra negócios e fins profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *